Noticias

Entenda a importância do CRECI para o corretor de imóveis

O segmento imobiliário se desenvolve cada vez mais a cada ano. Para os que desejam investir em imóveis, uma das principais dicas é procurar as boas imobiliárias e bons corretores imobiliários. Mas para quem deseja iniciar na profissão, o que deve ser feito é atender aos requisitos do CRECI, que é o órgão que disciplina as relações com o corretor. E quem está no papel de cliente pode checar as credenciais do agente e da imobiliária neste órgão. Que tal conhecer mais sobre o CRECI e entender sua importância na escolha por um corretor de imóveis ou imobiliária em São Luis?

 

ENTENDA O QUE É O CRECI

CRECI é a sigla para Conselho Regional de Corretores de Imóveis. O órgão foi criado em 1962, no mesmo ano do aparecimento do COFECI – Conselho Federal dos Corretores de Imóveis. Sua função é fiscalizar o exercício da corretagem imobiliária – ou seja, as atividades dos corretores e imobiliárias.

Do ponto de vista jurídico, o CRECI é uma autarquia do Estado, com certo grau de autonomia. Como toda autarquia, o CRECI pode se autogerir, mas está sujeito à fiscalização do Tribunal de Contas da União. Por ser um conselho regional, ele tem sede e foro na capital do Estado e sua jurisdição abrange toda a comarca.

 

PROCURE SEMPRE CORRETORES QUE POSSUAM CRECI

Para que a pessoa que queira comprar um imóvel seja bem assessorada, é essencial que ela procure um corretor adequadamente inscrito no CRECI. Este registro é indispensável para os corretores imobiliários executarem sua atividade profissional. Sem esse registro, ele estará atuando de forma ilegal e poderá ser julgado como contraventor. O CRECI é, para os corretores, o que a Organização de Advogados do Brasil (OAB), por exemplo, seria para advogados e o Conselho Regional de Medicina (CRM) seria para médicos.

Uma imobiliária que não esteja registrada no órgão também é passível de receber punições pecuniárias, ter suas atividades encerradas e até responder judicialmente por isso. Neste caso, diferentemente do corretor, que possui CRECI físico, a imobiliária pode ter o CRECI jurídico (já que é uma empresa) ou o CRECI físico (que será o CRECI do corretor-proprietário). Não compre imóveis com profissionais ou uma imobiliária sem CRECI, porque se ocorrer algum problema você não terá respaldo jurídico na sua negociação.

 

PAGUE APENAS O QUE A LEI EXIGE

A citada Lei nº 6530/1978 diz que, se uma pessoa for lesada de algum modo por profissionais que atuam com corretagem imobiliária, ela poderá recorrer ao CRECI da sua cidade. Mesmo não podendo puní-lo criminalmente, o órgão pode aplicar um processo administrativo contra o corretor imobiliário.

Também é importante que se diga que a comissão de 6% a 8% que as imobiliárias cobram e o CRECI fiscaliza segue na legislação federal que não pode ser descumprida. Se for, gera punição a quem o fizer. A fiscalização do CRECI garante que a atividade seja exercida de forma honesta e decente, defendendo os direitos do cliente diante de eventuais problemas com corretores e sem que a pessoa gaste mais para adquirir seu imóvel.

Agora que você já sabe que existe uma entidade fiscalizadora da profissão, procure com mais confiança por bons corretores e imobiliárias. Se eles possuírem registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Luís, fique certo de que as possibilidades de realizar um ótimo negócio são muito maiores.

É por isso que com a ZIAG Imóveis, você tem a garantia de um imóvel legal e uma compra 100% segura, justamente por contarmos com um corpo de corretores licenciados.

Escreva um comentário!